Paraty – saiba como chegar e o que fazer

Com certeza se você busca um destino com atividades bem diversificadas, natureza e muita cultura, você precisa saber como chegar e as opções do que fazer em Paraty. Para facilitar sua busca, confira o que preparamos para você.

Paraty

Para começar, você já deve ter ouvido falar que Paraty é conhecida por sua arquitetura colonial, suas ruas charmosas, pelo fenômeno da maré que quando alta invade as ruas do Centro Histórico, pela relação com a Família Real flip_paraty_1Festival da CachaçaPortuguesa e o seu papel no Ciclo de Ouro, e é claro, o famoso Festival da Cachaça, e a Festa Literária Internacional de Paraty – FLIP , mas Paraty revela uma beleza natural com praias paradisíacas, cachoeiras e serra, que fez com que a UNESCO no dia 05 de julho de 2019, reconhecesse Paraty, junto com Ilha Grande, a Patrimônio Mundial – Histórico e Natural da Humanidade, primeiro Sítio Misto do Brasil.

Além disso, Paraty possui uma diversidade gastronômica da alta culinária a mais simples,  porém incrivelmente deliciosa, assim criou um novo festival para o seu calendário, o Festival Gastronômico, onde a Top Transfer teve o prazer em ser um dos patrocinadores.

cartaz 2

Resumindo, Paraty é um mix de cultura e natureza que precisa ser apreciada. Mas a pergunta importante agora é, como chegar em Paraty, concorda?

Como chegar em Paraty?

Paraty fica localizada na região do estado do Rio de Janeiro conhecida como Costa Verde, aproximadamente 246 km da cidade do Rio e para chegar até Paraty existem três formas saindo do Rio, você pode ir de carro, de ônibus rodoviário, ou pode contratar um serviço de transfer. Confira as opções:

Transfer

Quem busca viajar com comodidade (embarque no seu endereço), rapidez (nada de várias conexões, ou não se preocupar em conseguir uma boa vaga de estacionamento), segurança (caso não conheça a cidade ou a estrada) e conforto, o serviço de transfer é o ideal para você. Confira o serviço que a Top Transfer oferece:

Serviço de transfer compartilhado, com três horários regulares saindo da Zona Sul (Copacabana, Leme, Ipanema, Leblon, Jardim Botânico, Catete, Flamengo, Botafogo, Urca e Humaitá), Zona Norte (Tijuca, São Cristóvão e Maracanã), Centro (Santa Teresa, Lapa e Glória) Zona Oeste (Barra da Tijuca), Aeroporto Santos Dumont (SDU) e Aeroporto Galeão (GIG).

Com serviço porta-a-porta, o passageiro não precisa ficar horas na rua aguardando a van chegar sem uma previsão precisa, nossa central operacional mantém o passageiro informado da localização do motorista e a medida do seu deslocamento, passa ao passageiro que será embarcado a previsão de chegada no endereço, isso é possível, pois trabalhamos com monitoramento via GPS, além de seguro, o momento do embarque é fluido e o passageiro não fica sem saber onde está o motorista. E para quem chega ao Rio de Janeiro de avião, buscamos também nos aeroportos, recepcionamos na saída do voo, e com acompanhamento do nosso guia, conduzimos até nossa van.

WhatsApp Image 2020-01-04 at 15.47.23
Foto: Embarque no Aeroporto do Galeão

Com o embarque de todos os passageiros, seguimos para Conceição de Jacareí, onde realizamos a troca de veículo e então nosso motorista irá levar você até o seu destino em Paraty, ou local mais próximo do Centro Histórico da Cidade caso não tenha acesso à veículos.

Tempo de viagem:

Rio x Paraty – aproximadamente 4 horas e 30 minutos de transfer terrestre depois de todos embarcados no Rio

Preço do transfer compartilhado

R$170 para saídas: Zona Sul (Copacabana, Leme, Ipanema, Leblon, Jardim Botânico, Catete, Flamengo, Botafogo, Urca e Humaitá), Zona Norte (Tijuca, São Cristóvão e Maracanã), Centro (Santa Teresa, Lapa e Glória), Aeroporto Santos Dumont (SDU) e Aeroporto Galeão (GIG)

R$210 para saídas: Zona Oeste (Barra da Tijuca)

Além do transfer compartilhado, temos o Transfer Privado.

Essa modalidade de translado é ideal para quem quer ter flexibilidade no horário de saída do Rio de Janeiro ou para quem chegará em voo com horário após o nosso transfer compartilhado já ter passado pelo aeroporto.

Ônibus

Nesta opção, você precisará se deslocar da sua hospedagem ou residência até a Rodoviária Novo Rio, se estiver saindo de Copacabana por exemplo, só nesse deslocamento pode gastar de R$4,05 se for de transporte público a R$45 se for de táxi. Na Rodoviária, precisará aguardar o horário de embarque e pegará o ônibus da Costa Verde que vai para Paraty. A passagem custa R$81,86 + taxas e o tempo médio de viagem é de 6 horas.

Carro

Se optar ir de carro até Paraty saindo do Rio de Janeiro, uma opção é seguir pela a Av. Brasil em toda sua extensão ou pegar o Arco Metropolitano até chegar a Rio-Santos, rodovia que ligará à Paraty. O tempo de viagem estimado é de 4 horas e o custo aproximado de combustível é de R$ 230,00 .

Com as informações de como chegar em Paraty, ficará mais fácil começar a planejar sua viagem. O próximo passo é pensar na sua hospedagem, que neste caso, você encontrará hotéis, hostels e pousadas, mas a questão é, em qual parte de Paraty?

Onde ficar em Paraty

Se quer ficar próximo do centro comercial, o Centro Histórico possui mais opções de hotéis e pousadas, e também é local de onde saem os passeios náuticos. Além de ser a região ideal para quem busca opções do que fazer a noite, com muitos bares e restaurantes.

Para contato maior com a natureza, existem opções próximas a cachoeiras e trilhas, a principal região é a da Estrada Paraty-Cunha, local com boas opções de pousadas em meio a natureza.

Existem também praias mais isoladas mas com hospedagem como Saco do Mamanguá, Praia do Sono e Ponta Negra, porém o acesso é somente por barco ou trilha.

saco-do-mamangua
Foto: Saco do Mamanguá

O que fazer em Paraty

Mas agora você pode estar pensando, o que tem para fazer em Paraty, e são diversas atividades, tais como:

Free Walking Tour Paraty – passeio ideal para quem quer conhecer o Centro Histórico de Paraty  de forma diferente, pagando quanto você achar que valei seu tour. Durante o citytour, você saberá curiosidades da cidade, como os símbolos escondidos, além de fatos engraçados e desconhecidos pela maioria das pessoas , e fatos históricos da cidade. O passeio tem duração de 2 horas.

foto1

Igrejas – ideal para quem gosta de passeio conhecido como religioso e quer conhecer mais sobre o reflexo das igrejas na história da construção social da cidade. No Centro Histórico de Paraty existem quatro igrejas que foram construídas para atender diferentes níveis sociais da região e com finalidades diversas. No passeio pelas igrejas você irá conhecer a Igreja Matriz de Nossa Senhora dos Remédios primeira construída, que atendia diversas classes da população, já a Igreja Nossa Senhora das Dores foi destinada para mulheres brancas da alta sociedade. Para os negros escravos, foi construída a Igreja Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, e em 1722 a Igreja de Santa Rita, que era para negros libertos e pardos, localizada em frente ao pier, hoje é a mais conhecida devido ao fenômeno da maré alta que alaga as ruas de Paraty e atinge a região onde há o Museu de Arte Sacra.

Igreja Santa Rita
Foto: Igreja de Santa Rio com a maré alta

Turismo de Aventura – além da parte histórica e cultural, Paraty possui um ecoturismo muito forte devido a região de mata, cachoeiras, e mar. Excelente para praticar atividades de aventuras como: trilhas, os trilheiros de plantão adoram, rapel, arvorismo, canionismo, rafting, snorkel, bóia cross e tirolesa entre outras atividades.

rafting

Cachoeiras – as belezas naturais de Paraty nos presenteiam com incríveis cachoeiras, e além de um delicioso banho de água doce, algumas prometem emoções, como a Cachoeira do Tobogã e o Poço do Tarzã, conhecida pela forma como as pessoas descem em pé a cachoeira. Outra que promete emoções é a Cachoeira do Saco Bravo, para chegar até ela é preciso realizar uma trilha saindo da Praia de Ponta Negra. Outra cachoeira que é considerada uma das mais bonitas de Paraty é a Pedra Branca formada por duas quedas que terminam em piscinas naturais rodeadas por pedras, ótima para banhos. Outra cachoeira muito visitada, e que ficou famosa após ser cenário para a Lua de Mel do casal Bella e Edward da Saga Crepúsculo no filme Amanhecer Parte I, foi a Cachoeira do Taquari.

Cachoeira Pedra Branca
Foto: Cachoeira da Pedra Branca

Praias – Paraty também revela lindas praias, como a Praia do Sono que devido ao seu acesso restrito é possível chegar somente de barco ou após uma hora de caminhada por uma trilha, por sua beleza natural continuar tão preservada, ela é considerada uma das mais bonitas da região. Próximo do Centro Histórico você tem as opções da Praia do Jabaquara e Praia do Pontal.

Praia-do-sono
Foto: Praia do Sono

Praias – Paraty também revela lindas praias, como a Praia do Sono que devido ao seu acesso restrito é possível chegar somente de barco ou após uma hora de caminhada por uma trilha, por sua beleza natural continuar tão preservada, ela é considerada uma das mais bonitas da região. Próximo do Centro Histórico você tem as opções da Praia do Jabaquara e Praia do Pontal.

praia-da-lula-com-um
Foto: Praia da Lula

Alambiques –  são sete principais alambiques em Paraty, o mais artesanal é o Maria Izabel que produz a cachaça em barril de carvalho e jequitibá. O que não pode deixar de conhecer é o Engenho D’Ouro, pois produz aguardentes que são muito conhecidas no exterior. No Roteiro da Cachaça, é possível conhecer os alambiques do Coqueiro, Corisco, Paratina, Pedra Branca e o Maré Cheia. Para quem curte experimentar a cachaça, vai com calma que você precisa completar o circuito…rs

Alambique Engenho D'Ouro
Foto: Alambique Engenho D’Ouro

Festivais – Paraty é conhecida por seus festivais,  o da Cachaça é o mais tradicional e antigo de Paraty, realizado pela primeira vez em 1983, o festival busca valorizar também os métodos de produção da cachaça e a cultura caiçara da região. Outra festividade tradicional é a Festa Literária Internacional – FLIP, que acontece também todo ano desde 2003. E como não poderia faltar, o Festival Gastronômico, que teve sua primeira edição em 2019, mas levou ao visitante técnicas de reaproveitamento de alimentos e contou com a presença de diversos chefes de cozinha do Brasil.

FridaeDiego_circuito_gastronomico2019_web@fotosincriveis.com_.br-2

E falando em comida, bateu aquela fome, não?

Onde Comer em Paraty

Com todas essas atividades é preciso pensar também onde comer, por isso separamos algumas informações. O Centro Histórico oferece boas opções de restaurantes e com os mais diversos preços e estilos de culinária, você irá encontrar opções como Maria Filó que trabalha com produtos naturais e um prato pode custar R$22,00, já o mais disputado é o Banana da Terra que é especializado em frutos do mar.
WhatsApp Image 2020-07-02 at 21.37.12

Informações Importantíssimas:

  • Algumas praias ficam em lugares afastados e sem a presença de barraquinhas ou algum restaurante, por isso, recomendamos levar lanches, refrigerantes, cervejas e algo para comer;
  • Paraty é um local de turismo natural, com isso alguns insetos podem te picar e desenvolver uma reação alérgica em você, previna- se e divirta-se, leve seu repelente;
  • Realizar as trilhas sempre com um guia experiente, evitando possíveis acidentes e que se perca dentro da mata atlântica;
  • O seu lixo precisa voltar com você e ser descartado em local correto, por isso, leve sempre um saquinho para guardar seu lixo.

Agora que você já tem todas informações para conhecer Paraty, só tenho mais uma coisa para dizer….

Aproveite sua viagem!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.